Você quer que o público preste atenção no que a sua marca tem a dizer? Certamente os vídeos serão de grande ajuda nessa missão. Em meio ao mar de informações com que nos deparamos pela web, quem fica só no feijão com arroz dificilmente será notado.

No entanto, não basta produzir e divulgar o material para resolver o problema: é preciso ficar atento às métricas de estratégias de vídeo para entregar a melhor experiência aos usuários.

Não é difícil constatar a popularidade dos conteúdos audiovisuais — é só observar sua timeline nas redes sociais. Sabendo disso, muitos têm corrido contra o tempo para surfar nessa onda. Mas quantos têm um objetivo claro em mente e analisam os números para medir o sucesso da campanha?

Continue lendo e descubra quais métricas podem ser melhoradas com estratégias de vídeos!

1. Alcance em redes sociais

As redes sociais são excelentes plataformas para esse tipo de divulgação. Você não precisa pagar nada para fazer o upload e, caso tenha grande índice de aprovação, os usuários ajudam na propagação compartilhando o seu vídeo. Contudo, você pode turbinar a sua campanha por meio dos anúncios patrocinados, como o Facebook Ads.

O alcance costuma ser um dos primeiros dados que as empresas observam. Primeiramente, você precisa ter visibilidade para atingir outros objetivos, então, é natural essa preocupação. Uma dica para conquistar essa popularidade é apostar em vídeos mais curtos.

2. Engajamento

O nível de engajamento é normalmente medido pelo tempo que os usuários passaram assistindo ao conteúdo. Eles podem até clicar e reproduzir o vídeo, mas o que vai contar é a taxa de retenção. Sendo assim, os primeiros segundos são cruciais para que o público decida se vai em frente ou não.

Há outra maneira de medir o engajamento e que faz grande diferença para as empresas: por meio de curtidas, comentários e compartilhamentos. Quem é mais familiarizado com o marketing digital sabe que essa interação entre a marca e audiência é fundamental.

Em canais, como os blogs e as redes sociais, os gestores estão sempre procurando uma forma de o público se envolver com os conteúdos. Os vídeos conseguem cumprir bem esse papel, pois, devido à quantidade de recursos, eles mexem com as emoções das pessoas e são fáceis de serem consumidos.

3. Taxa de conversão

Uma das metas mais desejadas por aqueles que utilizam o vídeo em sua estratégia de marketing é aumentar a taxa de conversão. Afinal, nem só de conteúdos virais vive uma marca, é preciso adquirir leads e clientes constantemente.

Há muitas pessoas que aliam os vídeos às estratégias de e-mail marketing com foco na aquisição de clientes. Você pode, por exemplo, produzir um material mostrando um case de sucesso do qual você se orgulha para motivar os usuários a tomarem uma decisão. Nesse caso, é aconselhável que você inclua um call-to-action (chamada para a ação) no final do filme.

4. ROI

O ROI (retorno sobre o investimento) é a prova de fogo para sabermos se a campanha teve ou não sucesso. Depois de constatar que os vídeos tiveram muitas visualizações, compartilhamentos e conversões, chega o momento de calcular se a receita gerada foi maior do que o valor investido.

Antes de contarmos com as plataformas de streaming, internet rápida e aparelhos acessíveis, o único jeito de divulgar um vídeo comercial e alcançar o público era por meio das emissoras de TV. Hoje, existem inúmeros canais de comunicação para a divulgação, logo, o custo para atingir uma grande audiência diminuiu significativamente.

Deu para perceber a importância do vídeo em todas as fases do marketing, não é mesmo? Desde a atração de novos clientes até a fidelização, uma produção audiovisual bem planejada ajudará você a atingir o alvo.

Agora que você já conhece as métricas de estratégias de vídeos mais importantes para a sua empresa, que tal saber como elas podem ajudá-lo no fortalecimento da marca?